Região Metropolitana do Rio tem nova queda na taxa de desemprego

Economia

alt

A Região Metropolitana do Rio de Janeiro registrou, em setembro, nova queda na taxa de desemprego, alcançando a segunda menor do país, a 4,4%.

O dado consta na pesquisa mensal de emprego divulgada ontem pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). 

Na média das seis regiões metropolitanas pesquisadas, a taxa de desemprego ficou em 5,4% em setembro, ante 5,3% em agosto e iguais 5,4% em setembro do ano passado. Na Região Metropolitana do Rio, a taxa em setembro (4,4%) foi um pouco inferior a agosto (4,5%). O Rio só ficou atrás de Porto Alegre (3,4%) e também ultrapassou Belo Horizonte (4,5%), o que não ocorria há pelo menos um ano. A taxa de desemprego de São Paulo em setembro foi de 5,8%, que registrou aumento ante agosto (5,4%), mas queda ante setembro do ano passado (6,5%).


- Este percentual é considerado praticamente pleno emprego. Acreditamos que isto seja um reflexo dos esforços para criar um ciclo de aquecimento da economia no estado -  disse o secretário de Desenvolvimento Econômico, Julio Bueno.

 

Segundo a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, o Rio vai receber US$ 100 bilhões em investimentos até 2014 em obras de infraestrutura - como o Arco Metropolitano – e investimentos privados.


Renda média no Rio é a maior entre as pesquisadas


Além da geração de empregos, o Rio também se destacou na Pesquisa do IBGE em relação à renda do trabalhador. Na média de todos os setores, o rendimento médio real na Região Metropolitana ficou em R$ 2.036,60 em setembro, com alta de 2,4% ante agosto e aumento de 6,8% em relação a setembro do ano passado.


O rendimento médio do Rio de Janeiro em setembro (R$ 2.036,60) superou o de São Paulo (R$ 2.016,30). No mês, o Rio apresentou o maior rendimento entre as seis regiões pesquisadas e bem acima da média das seis regiões (R$ 1.908).
O aumento no rendimento médio real no Rio, de 6,8% em setembro, representou de longe a maior variação entre as seis regiões pesquisadas.


Investimentos de R$ 30 bilhões


A pesquisa aponta que o rendimento médio real da Região Metropolitana apresentou ganhos. Entre os trabalhadores da Construção Civil, a renda média aumentou 16,2% em 12 meses. Já na Indústria, o rendimento médio real teve crescimento de 6,7% ante agosto e 8,8% se comparado com setembro do ano passado.


De acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, a Região Metropolitana tem hoje em andamento cerca de R$ 30 bilhões em investimentos. O maior deles é o Comperj, em Itaboraí, que vai gerar, apenas em sua primeira fase de implantação, mais de 10 mil empregos.
 

 

 
Secretário do Tesouro diz que resultado do Governo Central deve melhorar
O secretário do Tesouro Nacional, Arno Augustin, avalia que, até fim do ano, o resultado do superávit primário do Governo Central, que engloba o Banco Central, Tesouro Nacional e a Previdência Social, deve melhorar
Secretário do Tesouro diz que resultado do Governo Central deve melhorar
O secretário do Tesouro Nacional, Arno Augustin, avalia que, até fim do ano, o resultado do superávit primário do Governo Central, que engloba o Banco Central, Tesouro Nacional e a Previdência Social, deve melhorar
Secretário do Tesouro diz que resultado do Governo Central deve melhorar
O secretário do Tesouro Nacional, Arno Augustin, avalia que, até fim do ano, o resultado do superávit primário do Governo Central, que engloba o Banco Central, Tesouro Nacional e a Previdência Social, deve melhorar
Secretário do Tesouro diz que resultado do Governo Central deve melhorar
O secretário do Tesouro Nacional, Arno Augustin, avalia que, até fim do ano, o resultado do superávit primário do Governo Central, que engloba o Banco Central, Tesouro Nacional e a Previdência Social, deve melhorar
Secretário do Tesouro diz que resultado do Governo Central deve melhorar
O secretário do Tesouro Nacional, Arno Augustin, avalia que, até fim do ano, o resultado do superávit primário do Governo Central, que engloba o Banco Central, Tesouro Nacional e a Previdência Social, deve melhorar
Secretário do Tesouro diz que resultado do Governo Central deve melhorar
O secretário do Tesouro Nacional, Arno Augustin, avalia que, até fim do ano, o resultado do superávit primário do Governo Central, que engloba o Banco Central, Tesouro Nacional e a Previdência Social, deve melhorar
Plantão DD

Nova Dutra instala curral em passarela para impedir ataques de motoqueiros

28/08/2014 11:13

Prefeitura inaugura a primeira UFA Feminina da cidade, em Copacabana

29/08/2014 11:22

Petrobras vai investir R$83,4 bi em 2015, prevê governo

28/08/2014 17:34

Governo veta projeto de lei sobre criação de municípios

28/08/2014 15:49

Rio é primeira cidade da América do Sul a ter um domínio de Internet

26/08/2014 11:13

Medida provisória garante R$ 5,4 bilhões de crédito extraordinário para o Fies

27/08/2014 12:36

LANXESS premia projetos do Ciclo Verde

28/08/2014 15:58

Sesc e prefeitura homenageiam o folclore com shows, peças e orientações de saúde

28/08/2014 14:49

Rio abre inscrições para o Programa de Voluntários dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos

28/08/2014 10:47

Estádios da Copa reabrem para a visitação de turistas

18/08/2014 17:04

Secretário do Tesouro diz que resultado do Governo Central deve melhorar

29/08/2014 14:33

TRE do Rio requisita Força Nacional para garantir eleições no estado

28/08/2014 10:25

Nova Dutra instala curral em passarela para impedir ataques de motoqueiros

28/08/2014 11:12

Saiba como denunciar crimes e irregularidades eleitorais

28/08/2014 10:34

Governo veta projeto de lei sobre criação de municípios

28/08/2014 15:48

Rio é primeira cidade da América do Sul a ter um domínio de Internet

26/08/2014 11:12

Ciência sem Fronteiras tem inscrições abertas para 21 países

21/08/2014 12:23

Projetos de sustentabilidade de Duque de Caxias são premiados no Programa Ciclo Verde

27/08/2014 17:46

Ballet do meio-dia no Theatro Municipal

27/08/2014 12:02

Rio abre inscrições para o Programa de Voluntários dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos

28/08/2014 10:47
Tempo

EDIÇÃO ESPECIAL